11ª Jornada de Agroecologia: a juventude na construção do Projeto Popular

Ocorreu na quinta-feira (12/07) o seminário “O Protagonismo e Desafios da Juventude”, durante a 11ª Jornada de Agroecologia, que acontece em Londrina/PR até sábado (14). Jovens do meio urbano e rural juntaram-se em grupos e debateram o papel da juventude diante do atual contexto histórico e como fortalecer a organização da juventude para enfrentar os desafios que a sociedade capitalista nos impõe.

Diego Moreira, da coordenação nacional do MST, ressaltou a importância da união entre os jovens: “Estamos em um momento em que as forças capitalistas apagam e oprimem os movimentos sociais”. Em condições desfavoráveis, temos que instigar os espaços de formação e trabalho de base.

A jovem Hellen Lima, coordenadora do Levante Popular da Juventude, trouxe um breve histórico da organização. O Levente teve início no Rio Grande do Sul e hoje esta ém em 17 estados brasileiros, fortalecendo a organização da juventude do Projeto Popular. Hellen citou alguns desafios que os jovens enfrentam no dia a dia e frisou a importância do feminismo e do combate a todas as formas de opressão nos movimentos sociais.

Das contribuições dos jovens no seminário, elaboraremos a Carta da Juventude, que será apresentada na Assembleia Popular da Juventude que acontece hoje (13), às 17h.

Texto: Beatriz Gerolim
Foto: Joka Madruga

Escreva um comentário